BUSCAR SATISFAÇÃO EM DEUS POR MEIO DA PALAVRA, ORAÇÃO E JEJUM – Parte 2 | Pr. Tércio | 18.09.16

capabuscar

(Mensagem ministrada pelo Pr. Tércio em 18/09/2016)

Mateus 6:5-17

Qual é o final da vida daquele que teme ao Senhor, que se satisfaz Nele?

O Salmo 128 descreve essa pessoa como uma pessoa feliz, que comerá do fruto do seu trabalho, será feliz e próspero, sua casa, mulher e filhos serão abençoados e sua descendência será abençoada. Assim é a pessoa que se satisfaz em Deus. Depois de entendermos a satisfação pela Palavra, veremos a satisfação por meio da oração e do jejum.

Por que orar?

(1) Para conhecer Deus e permitir que Ele entre em nossas vidas; abrir a porta para Deus participar ativamente das nossas vidas.

(2) Para exercitar nossa autoridade espiritual – Lc 10.17-20 – Deus nos deu autoridade sobre todas as coisas, porém nem sempre usamos.

(3) Para construir um prioritário relacionamento com Deus; falar mas também ouvir; ganhar intimidade.

O que não fazer quando oramos?

(1) orar como os religiosos;

(2) usar de vãs repetições – repetição não combina com um relacionamento profundo.

Como devemos orar? (Mateus 6:9-15)

(1) Agradecendo, louvando e orando – reconheça quem Deus é e diante de quem você está. (2) Rendendo-se diante da autoridade de Deus e convidando-O para guiar todas as áreas de sua vida.

(3) Buscando a provisão de Deus em todas as decisões e necessidades financeiras.

(4) Buscando o perdão de Deus como nós estendemos o perdão aos outros.

(5) Pedindo pela sobrenatural direção e proteção de Deus.

(6) Reconhecendo o Direito Divino.

(7) Declarando fé completa em Deus.

O que é jejum?

Uma disciplina espiritual praticada pelo povo de Israel, por Jesus e pela igreja do primeiro século e por grande parte da igreja de Jesus até hoje. O jejum busca uma maior intimidade com Deus pela abstinência de alimentos ou outro qualquer suposto componente da minha vida que julgue indispensável para a minha sobrevivência. O alimento é um componente básico para existência do ser humano. Portanto, quando nos abstemos dele para um sustento da parte direta de Deus, experimentamos a obra sobrenatural de Deus sustentando o corpo humano pelo Seu Espírito. Da mesma forma, quando julgamos qualquer coisa na nossa vida como indispensável e a entregamos como propósito de maior comunhão e relacionamento com Deus, experimentamos a provisão e o sustento de Deus, bem como satisfação espiritual como resultado final deste tempo.

Propósitos do jejum:

(1) Atender ao chamado de Deus para um relacionamento íntimo, pessoal e consagrado com Ele. (Joel 2.12,15)

(2) Enfrentar o inimigo (satanás e demônios) no poder de Deus.(Mt.17.21)

(3) Enfrentar a perseguição fortalecendo-se e buscando livramento da parte de Deus. (Ester 4.3).

(4) Tomar decisões tendo discernimento espiritual. (2 Cr 20.3).

(5) Rejeitar o controle da carne e do pecado sobre a sua vida ou cidade, sujeitando-a ao poder do Espírito Santo. (Daniel 9.3-19)

(6) Jejum com o fim de pedir proteção de Deus para si, família e bens (Esdras 8.21-23).

(7) Discernir e tomar decisões espirituais gerais ou específicas do mundo espiritual. (Atos 13.1-3)

(8) Iniciar o ministério no poder do Espírito Santo e não ceder às tentações que estaremos expostos (Jesus – Mt.4.1,2 e Paulo – Atos 9.9)

Como não fazer ao jejuar?

(1) Não mostre uma aparência de tristeza (6.16).

(2) Não busque reconhecimento (6.16).

(3) Não jejue clamando algo a Deus e fazendo o que é do seu agrado e não Dele (Isaías 58.3b)

(4) Não jejue e faça injustiça enquanto você pede a Deus justiça.(Isaías 58.3c)

(5) Não jejue e mantenha o seu espírito irado, briguento, rixoso, esperando que Deus ouça sua oração, receba seu jejum e responda seu clamor. (Isaías 58.4)

Como fazer ao jejuar? (Mt 6:17,18; Is 58)

(1) Arrume o cabelo e lave o rosto (Mt 6.17);

(2) Jejue em secreto (Mt 6.18);

(3) Aguarde a recompensa direto de Deus (Mt 6.18).

Leia também Isaías 58 e veja o jejum que agrada a Deus.

BUSCAR SATISFAÇÃO EM DEUS POR MEIO DA PALAVRA, ORAÇÃO E JEJUM Parte 1 | Pr. Tércio | 11.09.16

capabuscar

(Mensagem ministrada pelo Pr. Tércio em 11/09/2016)

Salmo 1:1-6

Como encontrar satisfação em Deus? Como encontrar a verdadeira satisfação? Satisfação real tem a ver com fazer da presença de Jesus nosso maior prazer e refúgio. E o primeiro caminho para isso é meditar na Palavra de Deus dia e noite. O estudo da Palavra de Deus revela o verdadeiro aspecto da satisfação do prazer. Não podemos ser satisfeitos em Deus sem a meditação e prática da Palavra. O Salmo que lemos nos revela como alcançamos essa satisfação. A forma piedosa, justa de viver garante uma (verdadeira) vida feliz, próspera, bem sucedida, plenamente satisfeita. O autor tem o propósito de mostrar que apenas vivendo na e dos princípios revelados na Palavra de Deus podemos ter a verdadeira prosperidade. Não se trata uma prosperidade necessariamente financeira, como se Deus nos quisesse, com saúde, sem problema. É algo mais profundo.

O QUE PODE ENTÃO ROUBAR A NOSSA VERDADEIRA SATISFAÇÃO?

O texto esclarece: aceitar o conselho do mundo – valores e princípios que o regem; seguir junto no caminho dos ímpios – aceitando as atitudes dos ímpios como normais para a sua vida e passar a imitar essas condutas; deliberar junto e passar a orientar, aconselhar também outros a praticarem o mal. Essas escolhas roubam a nossa real prosperidade, satisfação. Mas bem aventurado é/será quem escolhe não fazer isso.

O texto nos diz que aqueles que estão satisfeitos em Deus são “como uma árvore plantada junto a ribeiro de águas.” Essa metáfora indica que a pessoa que deseja ser abençoada precisa estar próxima da Palavra para mergulhar na vida de Deus e essa água entrar no seu coração, limpar, lavar. Somos essas árvores plantadas junto a esse ribeiro de água corrente: o próprio Deus.

O autor está dizendo que as pessoas que meditam na Palavra dia e noite vivem como árvores plantadas junto a ribeiros de águas e cujas folhas sempre são verdes, nunca murcham e no tempo certo dão fruto. O Salmo 1 fala sobre uma vida próspera, abençoada, satisfeita. A forma de viver piedosa do justo, pela Palavra, buscando satisfação em Deus pelo meditar e prática da Palavra., garante a verdadeira prosperidade e satisfação. A maneira ímpia de viver garante a verdadeira destruição. O Salmo 1 mostra dois caminhos, dois tipos de pessoas, dois destinos (prosperidade/satisfação e destruição/insatisfação).

Não existe satisfação plena, permanente e eterna fora da PRESENÇA DE DEUS E DA OBEDIÊNCIA A SUA PALAVRA, apenas satisfação temporária. Que possamos viver uma vida consistente, satisfeita no Senhor, meditando dia e noite, obedecendo a Sua Palavra.