O CAMINHO PARA A UNÇÃO DE DEUS | Pr Tércio | 29.01.17

O CAMINHO PARA A UNÇÃO DE DEUS
(Mensagem ministrada pelo Pr. Tércio em 28/01/2017)
1 Samuel 16.1-13

Quando olhamos para a vida de Samuel e Davi, relatada neste texto, descobrimos que algo muito especial fez com que as suas vidas se tornassem surpreendentemente novas a partir do evento unção, especialmente a de Davi. Quando a unção do Espírito Santo foi derramada sobre Davi, pela obediência de Samuel, nada mais poderia continuar do mesmo jeito. De filho caçula, que estava cuidando do rebanho de ovelhas de seu pai, ele foi escolhido para cuidar do rebanho de ovelhas de Israel (1 Sm 16:11-13). Quando olhamos para esta experiência de Davi, retiramos algumas lições sobre como podemos ser agentes do novo de Deus nesta sociedade, mudando a vida de pessoas e vendo Deus mudar as nossas próprias. Muitos ainda vivem uma vida sem impacto, sem admiração, sem liderança, sem eficácia, sem êxito, sem refletir Deus, sem prestígio e respeito, sem influência, porque vivem uma vida sem o poder de Deus.

Quais as lições que observamos na vida de Samuel e Davi?

  1. SAIA DA INÉRCIA

            Samuel estava inerte diante do estado de Saul. Estava conformado com o estado das coisas e aceitando o pecado de Saul, sem fazer nada. As coisas não iam bem, mas Samuel estava achando que uma hora simplesmente elas iriam mudar. Samuel estava paralisado e com pena de Saul. Nossas emoções podem nos impedir de fazer o que Deus está nos mandando fazer, seja pena ou medo. Nada muda se você não obedece. Nada muda se você não enfrentar suas emoções, os seus medos. O que Deus está lhe mandando fazer? O que Deus está lhe pedindo? Saia da inércia pela obediência. Se você deseja uma mudança, precisa querer mudar. Como Samuel, você precisa se colocar diante de Deus em obediência.

  1. NÃO DEIXE QUE O MEDO TE PARALISE

            O segundo obstáculo ao derramamento da unção de Deus são os nossos medos. O medo de Samuel era de ser perseguido, ou mesmo morto por Saul, quando decidisse ser usado para ungir Davi Rei de Israel. Deus tem vários “Davis” e “Esters” para usar no Seu Reino, e está procurando “Samueis” que não sejam paralisados pelo medo, e se levantam para serem vasos, para que pessoas sejam ungidas pelo Espírito Santo e vivam experiências extraordinárias a partir de então. É interessante notarmos que, quando somos desafiados por Deus, seja por uma palavra entregue por alguém, seja pela própria palavra ou pelo próprio Espírito Santo, nos chamando a uma comunhão mais íntima, a um avivamento, a buscarmos o poder do Espírito Santo, alguns medos vem sobre o nosso coração: medo do que os outros possam pensar de mim, medo do que Deus venha a pedir de nós com este novo compromisso, medo de ter que abrir mão do comodismo, medo de ter que abrir mão de sonhos pessoais, medo de deixar aquele pecadinho de estimação que eu gosto tanto, medo de ser só mais uma tentativa, depois de tantas outras que foram frustradas. Se você quer realmente ser cheio do Espírito Santo, deixe de lado os medos e vá na direção das orientações divinas, deixando os resultado nas mãos Dele.

            Não há lugar mais seguro do que as mãos do nosso Deus. Seu caminho reserva surpresas boas e ruins, difíceis e algumas impossíveis, mas nada disso importa: o que importa é que, na unção de Deus, você fará proezas, e viverá coisas maiores do que pode fazer na sua limitada força e conhecimento.

 

  1. TENHA CUIDADO COM OS SEUS VALORES

            Nossa visão, baseada em nossos valores, podem nos impedir de sermos canais da unção de Deus nesta terra para todos. Nossos valores também podem nos impedir de sermos homens e mulheres cheios da unção de Deus. Sabe como julgamos as pessoas? Pelo ponto de vista de nossos valores. Por isso precisamos cuidar dos nossos valores, para que não prejudiquem o nosso julgamento. Alguns de nós também não escolheríamos Davi de primeira, porque nossos valores errados provavelmente nos impediriam, talvez porque nossos valores ainda não são os valores do Reino. Essa é uma das razões por que alguns de nós nunca nos tornamos pessoas cheias do Espírito Santo, ou não somos usados como canais na vida de pessoas para que elas experimentem a vida cheia de Deus. Muitos de nós ainda buscamos e valorizamos coisas que não merecem o cuidado de Deus tanto quanto o que Ele quer colocar em nossas mãos.

            O que você sonha para os seus filhos é adequado com os valores e os propósitos de Deus? Onde e como você deseja investir a sua vida? Para que serve o seu dinheiro? Qual o valor dAs suas amizades? O que Deus e a vontade Dele representam, importam para você? Qual é a sua visão sobre a obediência a Deus nas pequenas e grandes coisas?

 

  1. BUSQUE A SANTIFICAÇÃO DE SUA VIDA

Por fim, vamos aprender que, antes da unção (sermos cheios do Espírito Santo), Deus pede de nós a santificação. Antes de fazer qualquer coisa, Samuel buscou a santificação. Ele sabia que, sem a santidade no seu coração, ele não teria condições de enxergar a vontade de Deus. Esse novo tempo exige que sejamos homens e mulheres renovados em Sua graça, cheios da unção de Deus. O verdadeiro avivamento acontecerá quando encontrarmos pessoas com problemas resolvendo-os com graça e amor; pessoas repartindo com os menos favorecidos; pessoas devolvendo o mal com o bem; gente imperfeita amando como Jesus amou e perdoando como Jesus perdoou; maridos e esposas refletindo amor, perdão, reconciliação, graça, novas chances; filhos e irmãos honrando pais e uns aos outros; santidade, vida de Deus entre nós. Quando encontrarmos homens e mulheres com ética, moral e espiritualidade, dignos de serem imitados.

A ESCOLHA DE AMADURECER POR MEIO DOS CONFLITOS DE RELACIONAMENTO | Pr Leandro | 22.01.17

A ESCOLHA DE AMADURECER POR MEIO DOS CONFLITOS DE RELACIONAMENTO
(Mensagem ministrada pelo Pr. Leandro em 22/01/17)

A Palavra de Deus é cheia de instruções e orientações para o desafio real da vida uns com os outros. Do Antigo ao Novo Testamento ela também relata com transparência conflitos de relacionamento entre pessoas imperfeitas que se relacionam com um Deus perfeito.

Seguem textos bíblicos com perguntas de checagem pessoal e uma resposta em oração a Deus.

I Samuel 2:12,13,17, 22-24
Gálatas 1:10
Há algo não saudável em meus relacionamentos e que eu não me posiciono? Do que tenho receio?
Estou evitando me encontrar com alguém e adverti-lo de uma postura errada?

“Deus, me ajude a sair da omissão. Não quero ser conivente com algo que não te agrade.
Quero ser aprovado por ti mesmo que a minha atitude desagrade a pessoas.”

Conivência: que ou quem, sabendo de algo negativo a ser praticado por outrem, não faz nada para impedi-lo, embora pudesse fazê-lo; complacente, condescendente, transigente.
que ou quem é cúmplice;

I Samuel 2:29
Tenho colocado outros relacionamentos acima de Deus?
Ao invés de ter Jesus como fonte de vida tenho colocado essa expectativa em pessoas?

“Deus, quero que tu sejas o centro da minha vida e o centro dos meus relacionamentos.”

Mateus 7:1-5
Como eu ajo quando eu acho que tenho a razão e que estou certo?
Tenho me portado como dono da verdade?

“Deus, me liberta do pecado do julgamento! Me ensina que há somente um único justo juiz perfeito.
Me ensina a ser humilde, ensinável e a tirar primeiro o cisco do meu próprio olho.”

Atos 9:10-13, e versículos 15,17 e 18.
O que tenho alimentado em minha mente sobre os outros? Tenho aprendido a apresentar essas considerações a Deus e deixá-lo me guiar?

“Deus, elimina preconceitos e pressuposições dos meus pensamentos e que estão afastando relacionamentos. Eu quero ser obediente quando tu falares pra eu ir me encontrar com alguém.”

Gálatas 6:1
Como lido com o erro de outra pessoa? Minha postura a ajuda a levantar ou a afundo ainda mais?

“Deus, me ensina a ter a motivação correta ao confrontar alguém e que eu faça isso da forma certa.
Me ensina a ter a postura da verdade em amor.”

2 Samuel 17:23
Como eu lido quando a minha opinião não é aceita?

“Deus, me ensina a ouvir outras opiniões e a respeitar a cada uma. E também a não grudar o meu
senso de valor e autoestima à aceitação das minhas ideias.”

2 Samuel 12:1-7 e 13
Hebreus 12:5-12
Dou liberdade para outros me corrigirem? Quando foi a última vez que admiti um erro pra outra pessoa? Como eu lido quando alguém me dá um toque que eu agi mal? Peço perdão? Aceito o processo de disciplina de Deus na minha vida?

“Deus, me corrija. Me ensina a reconhecer minhas falhas. Quero entender que a disciplina é
ação do teu amor sobre a minha vida.”

Que em meios a tantos desafios relacionais, a resolução de amadurecer possa nos nortear, crescendo naquilo apontado como essencial por Jesus: amar a Deus acima de todas as coisas e aos outros como Jesus nos ama.

2 Pedro1:5-7
2 Coríntios 13:11

COMO RECEBER TUDO… | Pr Shane | 15.01.17

COMO RECEBER TUDO O QUE DEUS PLANEJOU PARA SUA FAMÍLIA
(Mensagem ministrada pelo Pr. Shane em 15/01/16)
Salmo 145:4-7

Ensinamentos da “Estrada Latham”:
– Nada menos do que 100% de compromisso para Jesus;
– Oração funciona;
– A Bíblia deve ser estudada e seguida;
– Deus deseja obediência mais do que sacrifício;
– É um pecado entediar as pessoas com o livro mais interessante do mundo;
– Devemos sempre celebrar a jornada;
– Família é importante demais;
– Faça tudo com excelência.

O “ABC” da jornada:

Acredite na Revelação de Deus para você (Revelação acompanha o chamado)
Gênesis 18.17-19
Então o Senhor disse: “Esconderei de Abraão o que estou para fazer? Abraão será o pai de uma nação grande e poderosa, e por meio dele todas as nações da terra serão abençoadas.

Busque as promessas com fé (Promessa acompanha o chamado)
Gênesis 18.17-19
Então o Senhor disse: “Esconderei de Abraão o que estou para fazer? Abraão será o pai de uma nação grande e poderosa, e por meio dele todas as nações da terra serão abençoadas.

Compartilhem as benções de Deus (Propósito acompanha o chamado)
Gênesis 18.17-19
Então o Senhor disse: “Esconderei de Abraão o que estou para fazer? Abraão será o pai de uma nação grande e poderosa, e por meio dele todas as nações da terra serão abençoadas.

Somos amados para amar, reconciliados para reconciliar e abençoados para abençoar.

Gênesis 18.19
Pois eu o escolhi, para que ordene aos seus filhos e aos seus descendentes que se conservem no caminho do Senhor, fazendo o que é justo e direito, para que o Senhor faça vir a Abraão o que lhe prometeu”.

Mateus 1.1-16
5 Salmom gerou Boaz, cuja mãe foi Raabe; Boaz gerou Obede, cuja mãe foi Rute; Obede gerou Jessé; 6 e Jessé gerou o rei Davi. Davi gerou Salomão, cuja mãe tinha sido mulher de Urias; … 16 e Jacó gerou José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo.

Exercitando uma postura de gratidão | Pr Leandro | 08.01.17

EXERCITANDO UMA POSTURA DE GRATIDÃO
(Mensagem ministrada pelo Pr. Leandro em 08/01/17)
1 Tesalonicensses 5:18

Quero encorajá-lo a decidir exercitar a postura de gratidão e a usufruir da liberdade que há em pedir que Deus gere esta maneira de viver na tua vida. Uma postura que não oscila com os índices de inflação ou com os números da insegurança. Não se trata de um convite a alienação da realidade com a qual vivemos.

Parece, mas não é. Não confunda gratidão com acomodação e nem com falsa pacificação.

Gratidão não exclui ter com Deus e com as pessoas relacionamentos sinceros e transparentes. Pelo contrário, escolher viver em postura de gratidão trará saúde no teu relacionamento com Deus e com pessoas. Gratidão é combustível fundamental pra exercitar uma fé viva e operante.

Como? 2 Coríntios 10:3-4

Ao escolher, pela fé, o caminho da gratidão, com a ajuda do Alto você vai poder celebrar a desintoxicação do mal na tua vida!

É justamente na lacuna da insatisfação/falta de gratidão que Satanás vai procurar montar cenários pra que tu não viva o projeto de abundância de Deus (Gênesis 3:1-7)

1. ELIMINANDO A TOXINA DA FUTILIDADE
O que não tem importância; inútil; superficial; que tem aspecto enganador;

Gênesis 6:5 | Marcos 7:21-22 | Romanos 1:28-31

Pensamentos fúteis te conduzirão a uma vida fútil e a relacionamentos superficiais.
Portanto, não confunda fútil com inofensivo.
No que você está pensando? Escolha aquilo que vai ocupar os teus pensamentos. (Filipenses 4:7)

2. ELIMINANDO A TOXINA DA PREOCUPAÇÃO
Ideia fixa e antecipada que perturba o espírito a ponto de produzir sofrimento.

A preocupação é um termômetro de incredulidade na provisão do Alto. (Mateus 6:25-34)
Encare cada preocupação como um convite para desfrutar de mais e mais intimidade com Deus.
Quando a preocupação bater, abra a porta pra Jesus por meio da oração. (Filipenses 4:6)

3. ELIMINANDO A TOXINA DA MURMURAÇÃO
Persistente “reclamação”, “reivindicação”, “descontentamento”, “falar mal de outro em voz baixa, em segredo” ou “questionamento malicioso”.

À medida que a postura de gratidão encolhe, o senso de direito cresce e a murmuração aparece.

Números 14:27

A murmuração contamina o ambiente e afasta pessoas. (Provérbios 21:19 | 25:24)
Pessoas agradecidas se maravilham continuamente diante de tudo que receberam das mãos do Pai.
Essa postura agrada a Deus e agrega valor e graça nas pessoas! (Salmo 19:14 | Efésios 4:29)

Uma postura de gratidão invade os céus e chega na terra.

Gênesis 8:20-21a | 2Coríntios 9:12-13 | Efésios 4:31 e 5:1-2 | Salmo 40:1-3

A postura de gratidão nos lembra de onde Deus nos tirou e pra onde Ele nos levará.

RELACIONAMENTO OU RELIGIÃO? | Pr Tércio | 01.01.17

O QUE QUEREMOS: RELACIONAMENTO OU RELIGIÃO?
(Mensagem ministrada pelo Pr. Tércio em 01/01/2017)
Texto-base: Isaías 58

O contexto em que o profeta Isaías escreve o capítulo 58 revela uma nação em decadência social, econômica, moral e espiritual. O povo de Deus estava vivendo um momento espiritual de esfriamento, mas sem perder os hábitos religiosos que os denunciavam ou caracterizavam como o povo de Deus. Entretanto, tais práticas como jejuns, ajuntamento coletivo, busca aparente pela vontade de Deus e Seu conselho, suas canções e ofertas, suas primícias, tudo isso havia se transformado em algo de fora para dentro e não mais de dentro para fora, simplesmente regras e rituais.

Todavia, ainda que adotasse práticas de aparente espiritualidade, aquilo já não se refletia nos relacionamentos com os necessitados, com os desamparados, com o próximo, com a integridade no crer e viver, ser e fazer, falar e praticar. Apesar das práticas religiosas, o povo estava vazio, distante de Deus, desinteressado em obedecer a Deus e servir ao próximo, porém cheios de expectativas em receber mais e mais de Deus. Uma espiritualidade egoísta e rebelde, revestida de cristianismo genuíno.

E este cenário não é muito diferente do que vivemos hoje. Cristãos nominais esperando um Deus que os sirva e até os obedeça. Uma espiritualidade invertida, centrada no homem e nos seus desejos.

QUAIS AS RAZÕES PARA DEUS CHAMAR A ATENÇÃO DO PROFETA PARA DENUNCIAR O ESTADO ESPIRITUAL DO SEU POVO?

1) Deus queria essência, e não forma.
2) Deus queria relacionamento, e não religiosidade.
3) Deus queria prática e não teoria religiosa.
4) Deus queria coração, e não aparência.

COMO SAIR DA RELIGIOSIDADE BASEADA EM FORMAS EXTERIORES, PARA UMA VIDA DE RESTAURAÇÃO E MULTIPLICAÇÃO DA VIDA DE DEUS NESTA TERRA?

Precisamos apresentar o cristianismo em forma de vida e não de religião. Precisamos ser a expressão visível da vida de Jesus, cheio de amor e misericórdia, paciência, fidelidade, transformada e transformadora, invadindo todos os contextos profissionais, bem como as diversas camadas sociais da nossa sociedade.

QUAIS SÃO AS MARCAS DE UMA IGREJA TRASNFORMADA PELO RELACIONAMENTO COM JESUS?

1) Justiça (v. 6 a)
2) Compaixão (v. 6 e 9)
3) Liberalidade (v. 7)
4) Empatia (7b)
5) Transparência e verdade nos relacionamentos (v. 9b)
6) Responsabilidade familiar (v. 7c)
7) Pausa (v. 13)
8) Obediência (v. 14)

QUAIS OS RESULTADOS DESTA ESPIRITUALIDADE – VIDA EM RESTAURAÇÃO?

a) Seremos luz entre as trevas (v. 10)
b) Nossas próprias trevas se tornarão em luz como meio dia (v. 10b)
c) Teremos direção Divina (v. 11 a)
d) Nossos desejos serão satisfeitos por Deus no contexto mais árido e incoerente (v. 11b)
e) Seremos renovados fisicamente (v. 11c)
f) Seremos um Rio de influências (v. 11d)
g) Seremos reconstrutores, reparadores restauradores(v. 12)
h) Seremos alegre e satisfeitos no Senhor (v. 14 a)
i) Venceremos,conquistaremos (v. 14b)
j) Seremos realizados interiormente (v. 14c)