Série INFLUÊNCIA | Parte 3 de 3 | Pr André | 25.06.17

Série INFLUÊNCIA – Parte 3 de 3
USANDO A CRISE COMO UMA OPORTUNIDADE
(Mensagem ministrada pelo Pr. André em 25/06/17)
Salmo 34:4,6-8

Uma crise pode produzir um fruto positivo ou negativo em nosso coração. Em meio à crise você tem duas atitudes: se aproximar de Deus ou se afastar dele. As duas atitudes trazem consequências:

QUANDO VOCÊ SE DE AFASTA DE DEUS
– a sua crise se torna maior que tudo na sua vida.
– a sua crise adoece seu coração.
– a sua crise exige culpados e devedores

QUANDO VOCÊ SE APROXIMA DE DEUS
– você percebe a vida além da sua crise. (qual é o real tamanho da crise pela qual você está passando?)
– você percebe Deus te levantando em fé no meio da sua crise.
– você percebe os outros apesar da sua crise.

Em meio à crise podemos nos afastar de Deus ou nos apegar mais a Ele e ver nossa crise ser usada como uma oportunidade de influência para proclamação do reino de Deus.

OS NÃOS
VOCÊ RECEBEU ALGUM NÃO DE DEUS? COMO VOCÊ ESTÁ LIDANDO COM ISSO?
ESPERE
O QUE VOCÊ TEM ESPERADO DEUS REALIZAR?
SIM
O QUE DEUS JÁ FEZ NA TUA VIDA? QUE ORAÇÃO DEUS JÁ RESPONDEU?

PERGUNTA DA SEMANA
A CRISE PELA QUAL VOCÊ ESTÁ PASSANDO, TEM APROXIMADO OU AFASTADO VOCÊ DE DEUS?

APLICAÇÃO PARA A VIDA
Entregue sua crise aos cuidados de Deus. Levante-se em fé no meio de suas crises. Avalie o tamanho do seu problema. Olhe além da sua crise e veja oportunidades para abençoar outras pessoas.

Série INFLUÊNCIA | Parte 2 de 3 | Pr Leandro | 18.06.17

Série INFLUÊNCIA – Parte 2 de 3
INFLUENCIANDO COM O QUE TENHO NAS MÃOS
(Mensagem ministrada pelo Pr. Leandro em 18/06/17)
1 Pedro 3:15-16

Deus frequentemente usa simples objetos para realizar sua vontade no mundo. É importante que sejam dedicados a Ele, para seu uso. O que você tem que o Senhor possa usar?

Um cajado – Êx 4:2-4 – Moisés – para fazer os milagres na frente de Faraó.
Buzinas, cântaros e tochas – Jz 7:19-22 – Gideão e seus 300 companheiros – para derrotar os midianitas.
Óleo – 2 Re 4:1-7 – Eliseu – Para demonstrar o poder de Deus para a provisão.
Cinco pães e dois peixes – Jo 6:1-13 rapaz/Jesus – Para alimentar uma multidão de mais de 5 mil pessoas.

Deus usa pessoas comuns, como você e eu e entrega importantes tarefas em nossas mãos.

José – um escravo- salvar sua família e a sociedade de sua época. Gn 39.
Moisés – pastor em exílio – tirar o povo de Israel da escravidão e conduzi-los à Terra Prometida. Êx 3.
Gideão – um fazendeiro – livrar Israel da mão dos midianitas. Jz 6:11-14
Ana – dona de casa – ser a mãe de Samuel – 1 Sm 1
Lucas – médico grego – acompanhar Paulo e ser escritor de um dos quatro evangelhos. Colossenses 4:14
Pedro – pescador- ser um apóstolo, um líder da igreja primitiva e escritor de duas cartas do novo testamento. Mt 4:18-20

Como complemento, seguem trechos do livro “Eu”, de John Ortberg (se desejar, faça sua encomenda na livraria).

Devemos empregar nossas habilidades para criar valor sobre a terra, para plantar e construir, escrever e organizar, curar e inventar maneiras de abençoar as pessoas e fazer a terra prosperar. Todo trabalho foi planejado por Deus para ser sacerdotal. Não só o clero profissional e os missionários são chamados por Deus.

Seu trabalho é uma parte enorme do plano divino para a sua vida, e Deus pretende que o Espírito encha e energize os locais em que ele é desempenhado. O trabalho realizado em escritórios e outros lugares – edificando pessoas, gerenciando equipes, administrando os recursos de criação – requer desesperadamente a direção e a energia do Espírito.

Quando descobrimos os dons que Deus nos tem dado e as paixões que nos atraem, e os pomos a serviço dos valores em que cremos profundamente – na dependência consciente de Deus – então estamos trabalhando no Espírito. Somos nós que tornamos o trabalho significativo – não o contrário.

No livro Hábitos do coração, o sociólogo Robert Bellah descreve três orientações que as pessoas adotam em relação ao trabalho. A primeira é tratar o trabalho como um emprego. A segunda consiste em encarar o trabalho como uma profissão. E a terceira, o trabalho como um chamado.

Qualquer trabalho com significado, apto a ser uma benção para as pessoas e para a terra, pode ser um chamado. Às vezes um médico ou um pastor se deixa absorver pela visão do trabalho como forma de obter uma boa renda e, portanto, só tem um emprego. Um lixeiro, no entanto, talvez veja sua atividade como parte do esforço para fazer do mundo um lugar mais limpo e mais seguro. Desse modo, ele tem um chamado.

PERGUNTA DA SEMANA
O QUE DEUS TEM COLOCADO NAS TUAS MÃOS?

APLICAÇÃO PARA A VIDA
Que tal “entrevistas rápidas” com os participantes da célula como forma de encorajamento de aplicação de influenciarmos com aquilo que Deus tem confiado em nossas mãos?

Série INFLUÊNCIA | Parte 1 de 3 | Pr Tércio | 11.06.17

Série INFLUÊNCIA – Parte 1 de 3
INFLUENCIADORES POSITIVOS NUMA SOCIEDADE EM CRISE
(Mensagem ministrada pelo Pr. Tércio em 11/06/17)
Filipenses 2:1-16

Mensagem correlacionada ao filme “Até o ultimo Homem” – soldado Desmond Doss

INFLUÊNCIA
Refere-se aos efeitos que uma coisa produz sobre outra. Capacidade para alterar o caráter.
A influência é o ato de levar uma pessoa ou um grupo de pessoas a fazer algo que, a princípio, desconheciam e/ou não tinham em mente.

Vários personagens bíblicos foram usados por Deus para influência da sua geração e gerar transformações profundas positivas na sociedade do seu tempo. Eles eram pessoas comuns como nós e que usaram os recursos que Deus lhes dispôs para isso:
José usou sou influência através do seu constante temor ao Senhor e dom de revelação e interpretação de sonhos sobre a vida de um rei. Deus salvou milhares de pessoas através dos seus dons e da sua posição de influência (de uma cova a governador do Egito).
Davi usou cinco pedras e uma funda, sua fidelidade a Deus e a coragem para inspirar um povo a lutar diante de qualquer gigante, mostrando que com Deus e uma ferramenta simples em mãos, todas as coisas são possíveis! Até hoje vencemos gigantes por essa influência!
Noemi influenciou a sua nora a crer em Deus e não desistir através da sua fé inabalável em meio às dores da vida.
, após uma jornada de perdas (10 filhos, todos os bens e a própria saúde), manteve a sua integridade, fidelidade e adoração a Deus, influenciando assim, seus amigos.
– Os profetas usaram sua influente autoridade de falar em nome de Deus para alertar o povo ao arrependimento num tempo de corações endurecidos e lideranças corruptas.
Esther foi influente ao buscar em oração coragem para enfrentar a morte e o seu pior inimigo sozinho. Salvou toda a nação de Israel da conspiração de Hamã.
Davi usou suas inspirações musicais, e seu instrumento para libertar o rei Saul do domínio maligno, bem como suas histórias de vida para edificar multidões e profetizar pelas gerações.
Débora influenciou por estar atenta a necessidade do povo, como uma mãe, e suprí-la, bem como encorajando Baraque a assumir o seu lugar na batalha.
Neemias foi influência ao ver a necessidade do seu povo em sua terra natal e não ficar apenas olhando a dor do povo pela destruição. Ele arregaçou as mangas e liderou a reconstrução dos muros de Jerusalém, devolvendo a dignidade dos que retornaram do cativeiro Babilônico sem muita esperança e senso de nação.

Moisés usou sua história no palácio e no Egito para liderar e libertar o seu povo da escravidão de 450 anos.
Josué e Calebe influenciaram o povo a possuir uma terra de gigantes através de uma visão acima deles, cheia de fé.
Samuel influenciou através da fidelidade a Deus em meio a uma liderança corrupta e imoral.
– Os discípulos foram influentes ao levarem multidões a seguirem os mandamentos que não só mudaram suas vidas, mas deram propósito a elas.
Paulo foi influente ao usar seu conhecimento e sua experiência de viajante como destruidor e perseguidor da igreja, para ser um viajante edificador e plantador de igreja.

Todas essas pessoas eram comuns, gente como eu e você… por isso, creia,
Deus quer usar a sua vida para influência da sua família e da sua cidade!

COMO NOS TORNAMOS INFLUENCIADORES POSITIVOS NUMA SOCIEDADE EM DECADÊNCIA, EM CRISE?
1. Quando vejo uma necessidade e decido me capacitar para suprí-la
2. Quando não negocio meus valores, permanecendo fiel ao que eu acredito
3. Quando me sacrifico e me arrisco em prol do próximo
4. Quando a minha missão de salvar é mais forte do que o merecimento das pessoas a serem salvas

O QUE VAMOS COLHER AO DECIDIR SER UM INFLUENCIADOR NO MEIO DE UMA GERAÇÃO CORRUPTA?
A) ADMIRAÇÃO DE QUEM ME JULGOU E ME PERSEGUIU
B) MAIS CEDO OU MAIS TARDE, MINHA INFLUÊNCIA IRÁ COLHER AMOR E CUIDADO DE QUEM EU AMEI E CUIDEI (Eclesiastes 11.1,2)
C) EU VOU ATRAIR PESSOAS A VIVER O QUE EU VIVO, A CRER NO QUE EU CREIO

PERGUNTAS DA SEMANA
– Você acredita que Deus quer usar as nossas vidas para influenciar positivamente a nossa família, vizinhos, colegas de trabalho, cidade?
– Qual a sua resolução intencional para caminhar nesta direção ou o que já tem feito?
– Quais são os seus temores/dificuldades ou facilidades nesta área de influência?
– Se tem dificuldades, você está disposto (a) a enfrentá-las e vencê-las a fim de alcançar uma influência maior como um profissional e discípulo de Jesus?
– Como você pode usar os recursos que Deus já lhe confiou para ampliar a sua influência positiva onde está?
– Que recursos você precisa para ser influência para aquilo/quem Deus tem lhe mostrado como necessidade à sua volta?

Todos nós, portanto, somos chamados por Deus para transformarmos a sociedade em que vivemos, independente da profissão que exerçamos. Ou seja, influência tem a ver com a minha e a sua vida sendo usada para mudar o mundo para a Glória de Deus.

Série Memorial | INFLUÊNCIA| Pr Shane | 04.06.17

Série INFLUÊNCIA
A BRECHA E A CRUZ
(Mensagem ministrada pelo Pr. Shane em 04/06/17)
Mateus 5:16

Tudo que eu sou, tudo que eu tenho, tudo que faço, pelo tempo que me resta,
para a glória de Deus e o avanço do Seu Reino.

A partir do testemunho do chamado missionário da Anelise Vieira:
– o quanto você “respira” as áreas de ação da Mont´Serrat em sua casa, pros seus filhos?
– Deus tem te confirmado as experiências que Ele tem dado pra Mont’Serrat?
– como você acha que Deus pode te usar melhor?

Aprendemos com três histórias de homens (Abraão, Moisés e Samuel) que se colocaram na brecha tentando “parar Deus em favor do povo. A brecha seria uma ruptura (corrupção, adoração à ídolos…) na muralha de proteção e santidade do povo. Deus é um Deus de amor mas também é Santo, e Sua justiça vem em direção à esta brecha buscando alguém que se ponha ali e interceda pelo povo, pedindo que Sua misericórdia venha antes de Seu juízo. (Ez 22:30)

ABRAÃO – Gn 18:25
Gn 18:17 – Estar na brecha é ter um relacionamento com Deus.
Gn 18:18 – É também receber revelação que define sua missão de vida!
Gn 18:19 – Estar na brecha é começar a missão em casa. É entender que a missão será cumprida por gerações (pelos nossos filhos, netos…)

MOISÉS – Êx 32:11-13
Êx 32:9-14 – Estar na brecha é se inserir no meio do povo condenado. É entender e lembrar Deus da missão de erguer Seu nome na terra!

SAMUEL
1 Sm 12:19-25 – Na brecha giramos entre interceder e interagir. É função do povo: temer a Deus, servir de coração, lembrar e louvar.
Jr 15:1 – Mesmo com alguém “fera” na brecha, chegará o dia em que a misericórdia abrirá caminho para justiça!
MAS…
Is 59:14-16 – Quando ninguém se coloca na brecha, Deus precisa livrar e apoiar a si mesmo!
Is 63:4-6 – Chegou o dia de Deus salvar Seu nome. Quando ninguém se pôs na brecha, Seu braço lhe salvou!

Quando Jesus ficou na cruz em meu lugar, Ele estava se pondo na brecha diante do Pai, pedindo pra que os meus pecados recaíssem sobre ele, e me convidou pra me arrepender e beber da água da vida.

Mt 16:24-27 – Como você entende “tomar a sua cruz” na sua vida hoje?

Deus te deu uma voz pra falar dEle onde e com quem você estiver.
O que fazemos precisa glorificar a Jesus e servir como testemunho
pro mundo ao nosso redor.