40 DIAS DE AMOR (4 de 6) | Pr Ranulfo | 25.11.18

Princípio 4
ASSIM COMO JULGAR OS OUTROS, VOCÊ SERÁ JULGADO.
(Pr Ranulfo, 25/11/18)
Mateus 7:1-5

Há um grande perigo em julgar as pessoas! Este é um exercício que precisamos aprender na nossa jornada com o Espírito Santo, que é a capacidade de se relacionar com o próximo sem exercer julgamentos do que ouvimos, vimos e pensamos. É uma obra intencional do Espírito Santo ao forjar nossa vida como discípulos de Jesus e, à medida que esta modelagem e as novas posturas vão sendo percebidas, as pessoas vão tendo prazer em estar do nosso lado.

Como agir com amor, sem uma atitude condenatória?
Não gostamos de ser confrontados, de ter nossas fragilidades, caráter e erros expostos; são pontos da nossa vida que na maioria das vezes não queremos mudar, pois envolve sacrifícios, abrir mão daquilo que é pecaminoso e ao mesmo tempo prazeroso (é fácil abrir mão daquilo que não gostamos!). Jesus nos ensinou que a arte de se relacionar sem julgamentos está associada com o juízo que fazemos dos pensamentos e motivações do outro.

5 POSTURAS EM NOSSOS RELACIONAMENTOS PARA NOS LIVRAR DA ATITUDE CONDENATÓRIA

1. DIGA NÃO À HIPOCRISIA!
Jesus usou a figura simples de uma viga de madeira e ciscos de serragem no olho, e definiu: uma pessoa hipócrita é aquela que tem a capacidade de ver o cisco no olho do outro, mas ignora a viga no seu olho. O hipócrita está mais preocupado com a aparência que com a realidade do coração. Ele quer impor aos outros exigências que ele mesmo não consegue cumprir; “faça o que eu digo, mas não o que eu faço”. É viver com máscaras! (João 8:3-9)

O convite de Jesus para vivermos relacionamentos autênticos e sem julgamentos, passa por ser quem você é, viver uma vida sem segredos, saber que as pessoas vão te amar por quem você é e não por aquilo que simula ser. Viva para impressionar a Deus e não a homens, pois Deus não vê (só) a aparência, mas o coração.

2. DIGA SIM À INTEGRIDADE!
Ser hipócrita é ignorar a viga. Ser íntegro é tirar a viga.
A integridade passa pelo processo de olhar para si mesmo e perceber as próprias falhas. E ao perceber o cisco no olho do irmão, usar essas falhas como encorajamento para mudanças profundas diante daquele que olha o nosso coração.

Ser íntegro significa decidir de antemão fazer o que é certo. É participar de conversas onde as verdades vão aparecer e serão ditas em amor. É não esperar sua sexualidade, honestidade ou fidelidade ser testada, mas antecipar a fazer o que é certo.

Ser íntegro é escolher falar a verdade, começando por nós mesmos, permitindo que o outro abra seu coração. Encontre alguém em quem você possa confiar e abrir seu coração, que pode orar com você sem julgar seus erros e pecados. Mas não busque ninguém enquanto você não estiver disposto a viver e experimentar mudanças. Integridade na vida relacional promove cura (Tiago 5:16)

Ser íntegro significa dizer não à tudo que pode me afastar de um relacionamento puro e sincero com Deus e com meu próximo. Reconheça que sem a ajuda de Deus não temos forças para dizer não.

3. DIGA “AGORA” À MISERICÓRDIA (Lucas 7:36-50)
Depois de tirar a viga do próprio olho, temos condições de reconhecer que não somos melhores que o outro e que a mesma misericórdia que Deus teve com minha vida, Ele quer também derramar sobre a vida do meu próximo. Quando removemos a viga do nosso olho, vemos com mais clareza o cisco no olho do irmão e a misericórdia vai mostrar o poder transformador e perdoador de Jesus.

Jesus sabia que nós teríamos dificuldade para perdoar. Quanto mais profunda é a ferida, maior será a batalha da mente contra a ideia de perdoar. É uma estratégia de Satanás: quando alimentamos a falta de perdão, ele consegue nos manter distantes do perdão transformador de Deus.

4. DEUS É JUIZ
Compreender os juízos de Deus liberta-nos da atitude julgadora.
Temos atitudes de julgamento sobre o outro porque esquecemos ou não sabemos que Deus é Juiz! Achamos que Deus é lento no processo de julgar as pessoas ou que Ele varia nas suas decisões. Será que podemos confiar nEle como Juiz? Sim! Ele julga de maneira justa e é rico em misericórdia e perdão. (Tiago 2:13). A cadeira de Juiz tem um dono, e não é você!

5. QUEM É VOCÊ?
Quando minimizamos nossa história como pecadores, temos uma forte tendência a sermos julgadores.
Quem é você nos seu relacionamento com Deus? Quem é você nos seus pensamentos? Quem é você nos seus negócios? Tem alguma coisa que Deus disse para você fazer, e você não fez?

Deixar a hipocrisia. Deixar a vida de aparência. Ser quem sou aos olhos do Pai. Ser íntegro.
Lidar com a verdade. Ser misericordioso. Confiar no juízo e no Juiz. Reconhecer quem sou.

=================================================================================

DICA: Utilize as perguntas do Apêndice (a partir da pg 348) do livro 40 dias de amor, como referência para a dinâmica da célula.

40 DIAS DE AMOR (3 de 6) | Pr Junior | 18.11.18

Princípio 3
COMUNIQUE-SE COM O CORAÇÃO
(Pr Junior, 18/11/18)
1 João 4:8

AMAR SEM MÁSCARAS. Muitas vezes criamos uma coroa pra nós mesmos. Achamos que merecemos
privilégios, que somos donos de muita coisa, que construímos, conquistamos… e criamos um reinado, nos
intitulamos “reis” e nos coroamos. Então conhecemos a Cristo. Nos tornamos cristãos, fazemos parte de
uma igreja, somos batizados, apresentamos os filhos, os netos… mas ainda não conseguimos amar tão
genuinamente como Jesus ensina e ficamos muito abstrato a esse conceito do sacrifício. Por que? Porque
nesse reino existe um Rei. E esse Rei não tem uma coroa brilhante e linda como aquela que você colocou
em sua cabeça. A dEle é de espinhos. E pra amar de verdade, como o Rei amou, é preciso tirar a sua coroa e colocar a coroa do Rei Jesus.

Enquanto você estiver com a sua coroa, aparecerá a sua carne… as suas vontades… o seu eu… o seu
egoísmo… as suas intenções… os seus pensamentos… o seu temperamento… as suas fragilidades… suas
máscaras… aparecerá o mal que há em você. Mas quando você coloca a coroa do Rei, quem vai aparecer
em você é Jesus. Tudo é diferente, o amor flui, existe paz, transparência, saúde nos relacionamentos.

POR QUE CRIAMOS TANTAS MÁSCARAS LEGÍTIMAS NOS RELACIONAMENTOS?
1) AS MÁSCARAS ESTÃO EM NOSSO DNA
Quando você é atacado por alguém, pode ser atingido na primeira vez… mas na segunda você cria uma
defesa pra que suas verdadeiras emoções não apareçam. É da natureza do homem. Romanos 7:19
2) PORQUE SOMOS MACHUCADOS PELAS CIRCUNSTÂNCIAS
Crio máscaras que me ajudam a evitar relacionamentos, que me forçam a ser o pacificador da família, para evitar conflitos que me desestabilizam, crio máscaras religiosas e mascaro a imperfeição que tanto me incomoda. Você sente que só consegue vencer desafios se colocar uma máscara?
3) POR CAUSA DAS MINHAS ESCOLHAS
Muitas vezes usar uma máscara é uma escolha de sobrevivência.
“Se eu demonstrar minhas emoções, vou …”

O plano de Deus é que você seja você mesmo, mas do jeito dEle… não do seu jeito.

SE A MÁSCARA É TÃO RUIM, POR QUE É TÃO DIFÍCIL SE LIVRAR DELA?
– as máscaras estão com você há muito tempo
– porque me identifico com elas
– porque existem recompensas
– porque satanás me desencoraja

POR QUE EU PRECISO ABRIR MÃO DAS MÁSCARAS QUE ADQUIRI AO LONGO DA MINHA HISTÓRIA?
Para amar verdadeiramente. Se Cristo é o Senhor da minha vida, não existem máscaras. Se Cristo é o
Senhor da minha vida, preciso amar sem limites… sem barreiras.

COMO EU POSSO VIVER UM AMOR SEM MÁSCARAS?
Negando a mim mesmo e vivendo o poder sobrenatural de Cristo! É Jesus em nós, não tem outro caminho. Se você não tirar a sua coroa e coroar a Cristo como Rei e Senhor da sua vida, nada do que você faça vai ter efeito.

Você identifica algumas máscaras que você adquiriu ao longo da sua história que precisam ser tiradas e entregues aos pés da cruz de Cristo?

40 DIAS DE AMOR (2 de 6) | Pr Leandro | 11.11.18

Princípio 2
AME COMO JESUS AMA VOCÊ
(Pr Leandro, 11/11/18)
João 13:34

Quando Jesus falou sobre amor, não disse: “Quero que ame o melhor que puder” . Ele disse: “Quero que
ame como eu amei você.” Se você está pensando “isso é lindo e maravilhoso, mas impossível” , é
exatamente aí que Deus quer que a gente se reconheça. Deus quer que dependamos dele para obtermos o poder de amar.

Cristianismo não significa tentar fazer o melhor possível; cristianismo é confiar em Jesus.
“Pai, não tenho a força pra fazer isso por mim mesmo. Estou confiando na tua força para me capacitar a
crer, pensar, dizer e fazer a coisa certa. Em nome de Jesus, amém!”

Jesus ordena que ajamos com amor e, quando somos confrontados com o desafio de agir com amor, algo
se rebela dentro de nós. Pensamos: “Não me sinto bem com isso. Seria tão hipócrita se agisse com amor
por quem não sinto amor nenhum. O amor não é real se não o sinto. Não serei hipócrita.”

Se sempre fizéssemos somente o que temos vontade, pouca coisa seria feita.
Lembra da ilustração do horário de verão?
Relacionamentos se baseiam em atitudes “com amor” , mas não se sustentam somente com essa postura.
Também precisamos agir “por amor” . Os sentimentos tendem a seguir as ações – às vezes rapidamente,
outras, lentamente. Quando você começa a agir com amor novamente, com base em um coração
obediente, mais cedo ou mais tarde os sentimentos se seguem. Há alguma pessoa que não tenho
vontade, mas que preciso amar?

Em vez de obedecer a uma lista de regras, como discípulos de Jesus, você e eu seguimos a um exemplo
vivo. Redescubra a atitude do amor nos hábitos diários de sua vida. Por que isso é tão importante? Porque
grande parte da vida é constituída de rotina. Se você não permitir que o amor passe a fazer parte da
rotina da vida, faltará amor na maior parte dos minutos do seu dia.

Pra aprender amar como Jesus nos amou precisamos aprender a lidar com os nossos sentimentos. Jesus,
que andou aqui nessa terra, plenamente humano e plenamente divino, nem ignorou nem foi controlado
pelos sentimentos. Ele nos ensina a agir de modo que a gente reconheça a importância dos sentimentos.
Se você não perceber a importância de lidar com eles e expressá-los, esses sentimentos podem acabar controlando a sua vida. Há algum sentimento em minha vida com o qual não lidei ainda?

O propósito dos sentimentos é que sejam instrutivos e não destrutivos. O que está acontecendo no seu
coração é coisa séria. O que você permite entrar no seu coração afeta todos os seus relacionamentos.
Então, leve seu coração a sério agindo radicalmente. Como preciso agir imediatamente ou radicalmente para fazer a escolha de amar?

E quando falamos em amor, precisamos admitir e reconhecer que muito, muitas vezes, é egoísmo
refinado.

Por isso, ESCOLHA TER COMUNHÃO. (1 João 1:7)
Só poderemos amar se investirmos tempo com as pessoas. Chegamos ao ponto que precisamos nos
desconectar para poder conectar. Desconectar-nos de nossos recursos de mídia para nos conectar com
pessoas.

Ao se conectar e se relacionar, você já precisa junto ESCOLHER PERDOAR (Efésios 4:32).
E a única maneira de encontrar forças para perdoar as pessoas é aprofundar a compreensão do fato de que Jesus me perdoou.

Essas escolhas nos levam a outras.
Ao amar como Jesus, somos ensinados pelo seu exemplo a escolher aceitar. (Romanos 15:7)
Sem pessoas diferentes a sua volta, você nunca crescerá de verdade.
Nos relacionamos por afinidade e precisamos aprender a nos relacionar também por afiação .

E outra marca do amor é a ESCOLHA DO SACRIFÍCIO. (1 João 3:16)
O verdadeiro amor faz sacrifícios. Os maiores sacrifícios talvez não sejam os atos do tipo “uma vez na vida”; podem bem ser os sacrifícios do dia a dia. Você abre mão do seu jeito e busca o bem de outra pessoa. Ninguém precisa saber que o fez, mas saberá que agiu como resposta do amor de Jesus por você.

Esse nível de amor que lemos em 1 Coríntios 13:4-7, nos leva à constatação de que por conta própria não
amaremos assim, mas Jesus em nós, sim: “Eu não posso, mas Tu podes; eu não sei, mas TU sabes; eu não consigo, mas TU consegues.”

“Senhor, preciso crescer nos meus relacionamentos. Oro para que eu nunca desista de ser desafiado por
essa incrível promessa de que posso amar as pessoas como tu nos amastes. Ao ouvir o desafio nessas
palavras, escolho voltar-me para ti e pedir a força para amar. Ao fazer esta oração, reconheço a
profundidade do teu amor por mim. Oro para que o amor que tens por mim me motive a amar os outros
com um amor que eu não teria por minhas próprias forças. Em teu nome eu oro, Jesus, amém.”

# No livro 40 dias de amor, na página 348, há um bloco de perguntas que pode também ser de boa
aplicação no encontro da célula;

# As músicas “A vida é tão boa” e “Desconecta” também são recursos adicionais.

40 DIAS DE AMOR (1 de 6) | Pr Shane | 04.11.18

Princípio 1
NADA É MAIS IMPORTANTE
(Pr Shane, 04/11/18)
Mateus 22:37-39

Quando nos deparamos com o “gap” entre nossas expectativas/potencial nos relacionamentos e nossa
realidade, certas soluções não ajudam muito…
– Tente um pouco mais…
– Dê um abraço, e um sorriso…
– Junte as mãos e cante “Kumbaya”…
– Pensamento positivo…
– Baixe suas expectativas…
– Sai dessa e comece de novo…

Nestes 40 dias estudaremos com o mestre de amor Jesus e como ele amou.

1 PROPÓSITO para sua vida: o amor (Mateus 22:37-39)

2 FOCOS para seu amor: Deus e pessoas (Mateus 22:37-39)

3 VERDADES que definem o amor:
– é o maior mandamento – Mateus 22.37-39
– é o maior objetivo – 1 pedro 4.8
– é o maior poder – 1 Coríntios 13.8,13

4 TIPOS de amor e CATEGORIAS de relacionamentos:
4 tipos de amor: eros, storge, fileo e agape
(lembre que agape pode ser pra Deus ou pro mundo – João 3:16-19)
4 categorias de relacionamentos:
– com Deus
– com a família
– com a família de deus
– com a comunidade

5 ADVERTÊNCIAS para quem não prioriza o amor (1 Coríntios 13:1-3)
– sem amor, palavras não valem nada!
– sem amor, todo o conhecimento do mundo não tem valor
– sem amor, nada que eu acredite tem valor.
– sem amor, nada que eu doe tem valor
– sem amor, nenhum feito heroico tem valor
Posso ter a eloquência de um orador, o conhecimento de um gênio, a fé de um realizador de milagres, a
generosidade de um super filantropo e os feitos de um herói em sua jornada, mas sem amor, tudo isso não
vale nada!

CONVITE AO COMPROMISSO
– Participar nas celebrações aos domingos e nas células nas próximas 6 semanas.
– Ler o livro diariamente.
– Tomar passos específicos para crescer em amor, em cada um dos 4 relacionamentos.
Qual será o legado da sua vida?
Como você amou Jesus?
Como você amou pessoas?

E DAÍ?
– Quero iniciar um relacionamento com Jesus hoje.
– Quero parar de focar no “eu” e focar na família.
– Quero começar a priorizar o Reino de Deus e a família cristã.
– Quero amar minha comunidade, até os confins da terra.