12/40 dias C.A.F.E. | O PERFEITO AMOR

Enquanto o mundo encolhe com o medo, o povo de Deus ama.
Devocional 12/40 – 02.04.2020
O PERFEITO AMOR
por Raul Villanueva
“No amor, não há temor; antes, o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem
consigo a pena, e o que teme não é perfeito amor.” (1 João 4.18)

Ainda não tinha se dado conta de que havia sido contagiado com o vírus. O período de
incubação não durou 14 dias, foi instantâneo. Nos primeiros minutos, apareceram os sintomas iniciais: não tinha febre, mas a temperatura da sua ansiedade subiu; não tinha tosse, mas com as suas palavras contagiou todo mundo; não tinha dificuldade para respirar, mas tinha dificuldade para pensar adequadamente, as mensagens intermináveis de WhatsApp, as postagens aleatórias no Facebook, os vídeos de Instagram e o excesso de informação não verificada foram a via de transmissão do vírus.

Os primeiros a notar a infecção foram seus familiares. Se isolou do mundo, e seu refúgio
foram os meios virtuais de comunicação. Se isolou dos que amava e se conectou ao seu celular. Decretou uma quarentena em forma de crítica e rejeição contra todos aqueles que não pensavam como ele. Todos estavam errados, só ele tinha a razão. Já era tarde. A infecção estava na sua fase terminal. O medo foi o vírus que atingiu seu coração.

O medo é um poderoso gigante que nos desafia todos os dias no nosso vale. Ele é o valentão da escola que está à sua espera pela manhã e que vem atormentá-lo à noite. Ele traz contas que você não pode pagar, dúvidas que você não pode tirar, ansiedades as quais você não pode controlar, tentações a que você não consegue resistir, pensamentos que você não consegue rejeitar, uma realidade que você não pode entender, e uma preocupação que você não consegue encarar. Ele é um vírus invisível que se propaga rapidamente por todo o mundo, um mundo que os profissionais em economia estão chamando de “Mundo VICA”: um mundo Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo.

O medo é o vírus que se instalou no “software da nossa paz”, afetando todo o sistema da
nossa vida e que desarticulou nossa memória imediata. Quando o medo entra no seu computador pessoal, você esquece tudo o que Deus fez na sua vida, produzindo um “Alzheimer espiritual” que rapidamente vai apagando do seu disco rígido os milagres e as vitórias que Deus te deu em meio aos grandes desafios e crises da sua vida.

O temor então se transforma num ditador enlouquecido que não está disposto a dividir o
seu coração com outras emoções. Você conhece alguém que esteja feliz e tenha medo? Alguém que possa estar confiante e amedrontado? A resposta é não, porque todas essas emoções são expulsas do nosso coração quando o medo toma o lugar de Deus.

A grande verdade é que o medo nunca pulou de paraquedas, jamais se atreveu a fazer algo extraordinário, se atreveu a dar um abraço no momento necessário ou jamais falou “eu te amo”.  O medo nunca curou uma doença, escreveu um poema, publicou um livro, saiu da sua zona de conforto ou venceu as adversidades. O temor não se formou na faculdade, fez um gol que todos celebraram, ou pintou uma obra de arte. O medo nunca fez brilhar seus dons e seus talentos, não construiu uma família, não te fez empreender um negócio, nem te fez sonhar com aquela canção que saiu do coração. O medo não ajudou a transformar sua paixão numa profissão, a mudar de país, a aprender uma nova língua ou a viver intensamente tudo o que Deus tem para você e para sua família. A realidade é que, por todo o barulho que faz, espaço que ocupa e destruição que gera, o
medo nunca nos levou para a terra prometida. Em troca, o temor nos deixa no meio do deserto, dando voltas, confrontando a dura realidade de que a praga de nossos dias começa com a palavra “medo”.

Então, qual é o melhor antivírus contra o medo? O que podemos fazer para enfrentar o
medo nestes tempos voláteis, incertos, complexos e ambíguos? Qual é a resposta que, como povo de Deus, temos que dar a um mundo que está cheio de perguntas e medos?

Encontramos na Palavra de Deus o melhor antivírus e a única resposta possível: ”No amor, não há temor; antes, o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. ” 1 João 4:18

Que o perfeito amor de Deus te faça lembrar como Ele tem sido bom e misericordioso. Que o perfeito amor de Deus te ajude a sair do barco e te permita caminhar em meio ao mar de incertezas. Que o perfeito amor de Deus faça cair os gigantes que te desafiam todos os dias no vale. Que o perfeito amor de Deus te encha de humildade para saber que existem coisas que você não pode e nem deve controlar, porque é Ele quem está no controle.

Que o perfeito amor de Deus entre na sua vida e encontre um lugar na sua família. Que o
perfeito amor de Deus te ajude a olhar para os que estão longe de você do mesmo jeito que você olha para os que estão perto. Que o perfeito amor de Deus seja uma nuvem durante o dia e uma coluna de fogo durante a noite para te guiar e proteger em meio a este deserto. Que o perfeito amor de Deus ajude você a construir um muro na sua mente, uma muralha na sua alma e uma atalaia no seu coração, a fim de que o inimigo não possa destruir a obra que Deus está fazendo em você.

Que o perfeito amor de Deus traga fé e esperança para que você possa compartilhar o Jesus que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Música sugerida: Teu amor não falha (Nívea Soares)
https://www.youtube.com/watch?v=0UrbnH4BTXQ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s