14/40 dias C.A.F.E. |UM TEMPO PARA AMAR

Enquanto o mundo encolhe com o medo, o povo de Deus ama.
Devocional 14/40 – 04.04.2020
UM TEMPO PARA AMAR
por Gabriel Chaw

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.” (1 Jo 4.8)

Texto-base: 1 João 4.7-21

Esta será uma Semana Santa totalmente diferente de todas as outras que eu já vivi. Isolamento social é a nova palavra na mídia. Vivemos todos com medo e reclusos em casa. Durante as semanas que passaram, vimos o desespero das pessoas, a corrida aos supermercados, governos indecisos e infelizmente o contágio e a morte de muitas pessoas. Amanhã é o primeiro dia da semana, chamado de Domingo de Ramos, pois, nesse domingo, Jesus entrou em Jerusalém para celebrar a Páscoa com Seus discípulos. Enquanto Jesus entrava, a multidão, com ramos de palmeiras, O recebia com grande alegria e louvor. A mesma multidão que, na sexta-feira seguinte, gritava: “crucifica-o, crucifica-o”. Imaginem o coração de Jesus no momento em que, sendo aclamado como rei, montado em um jumentinho, sabia que caminharia, dias mais tarde, para a morte, mas para que todos pudessem ter vida. O plano de Deus é cheio de paradoxos desse tipo, e nós podemos ficar confusos sem saber o que está acontecendo.

Às vezes, fico imaginando Deus, em Sua soberania, nos olhando aqui na Terra: perdidos, desesperados, correndo de um lado para o outro sem entender o que está acontecendo. Foi exatamente por isso que Deus enviou Jesus para ser o nosso elo de contato com Ele. Jesus é a junção perfeita de Deus com o homem, sabendo todas as coisas relacionadas ao nosso maravilhoso Deus e também todas as coisas relacionadas aos homens. Então, nossa perspectiva muda totalmente: agora, podemos nos relacionar pessoalmente com o Deus que sabe exatamente o que nós passamos, e que age em todas as coisas para o nosso bem (Rm 8.28). Através de Jesus, nosso relacionamento com Deus muda completamente, agora não é mais um Deus lá no Céu, inacessível em Sua soberania, governando o universo, mas sim um Deus que, em amor, escolheu enviar o Seu filho unigênito para Se relacionar conosco, sentir na pele como é ser humano e viver a mais terrível morte em nosso lugar!
Portanto, cabe a nós amarmos a Deus não esperando uma retribuição da Sua parte, mas simplesmente amando-o pois Ele nos amou primeiro (1 Jo 4.19). Jesus nos ajuda resumindo todos os mandamentos em dois: o primeiro, vertical, entre nós e Deus, amar a Deus acima de todas as coisas (Mt 22.37); o segundo, horizontal, relacionado ao nosso próximo, amando-o como a si mesmo (Mt 22.39). Nesses dois mandamentos, toda a lei pode ser resumida. Como fica então a nossa resposta para Deus diante de tamanho desafio que estamos vivendo hoje?

Pare por um instante e leia o texto-base da nossa reflexão. Caso você já o tenha feito, faça-o novamente. Medite nesse texto por alguns minutos. Nele, temos pontos muito importantes para a vida cristã. Devemos colocá-lo em prática hoje mesmo!
Seguem alguns desses pontos: devemos estar confiantes, sem medo, confessando Jesus, permanecendo nEle em amor, e, acima de tudo, amando uns aos outros! Como família, eu, Aline, Daniel e Matheus memorizamos 1 João 4.8 há alguns meses; nosso objetivo é amar ao próximo, pois amamos a Deus, e Ele nos ama!

Voltando para o momento conturbado que estamos vivendo hoje, como você tem demonstrado/refletido o amor de Deus para com o seu próximo?

Como igreja, estamos nos mobilizando para direcionar todas as nossas doações da campanha C.A.F.E. para pessoas em necessidade. Você já teve o privilégio de contribuir? Como você pode suprir as necessidades físicas, emocionais e espirituais do seu próximo? Deus nos capacitou ricamente para sermos criativos neste momento! Lembrem-se dos paradoxos de Deus: em tempo de grande necessidade, surge uma grande oportunidade. Paulo fala em 2 Co 12.10: “Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.”

Que, neste momento de fraqueza e grande necessidade, nós possamos ser fortes em Cristo, sendo refúgio e fortaleza para o nosso próximo!

Música sugerida: This is Amazing Grace (Phil Wickham)
https://www.youtube.com/watch?v=XFRjr_x-yxU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s