15/40 dias C.A.F.E. |UM AMOR ALÉM DA RAZÃO

Enquanto o mundo encolhe com o medo, o povo de Deus ama.
Devocional 15/40 – 05.04.2020
UM AMOR ALÉM DA RAZÃO
por Miguel Schmitt

“Em Antioquia os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos.” (At 11.26)

Há algum tempo li um livro de Francis Chan, intitulado Louco Amor, que me trouxe uma perspectiva interessante sobre o texto acima. “Eles foram chamados (designados) cristãos por aquelas pessoas que observavam a vida que eles levavam.” As pessoas que estavam próximas a eles viam mais a Cristo ao se aproximarem deles, do que a eles mesmos.

O tempo em que vivemos hoje, mais do que nunca, nos traz uma incrível oportunidade de fazermos a diferença. “Eles foram chamados cristãos […]”. Será que hoje, ao olhar a minha ou a sua vida, alguém seria capaz de nos chamar de cristãos? Nossa tendência natural (pelo menos a minha), nas circunstâncias atuais é pensar – “O que preciso fazer para preservar a minha família e a mim?” É uma preocupação legítima e biblicamente fundamentada (I Tm 3.2-5 e I Tm 5.8). Deus, porém, nos chama para amá-lo, para amar ao próximo e fazer discípulos, por meio da proclamação do evangelho. É um chamado para amar muito além das nossas casas, para muito além de nós mesmos. Mas como fazer isso, quando nosso futuro e a segurança da nossa própria casa estão em risco?
Certo dia ouvi a seguinte frase de um pastor: “O MEDO RECUA, ONDE O AMOR SE MANIFESTA!” Que frase incrível!

Porém, ao olhar os noticiários vemos um movimento de pessoas pouco preocupadas com o próximo, tensões entre os cuidados com a vida e com a economia, medo e ansiedade crescentes. Como então, manifestar esse amor, não um amor qualquer, mas o amor de Cristo, em meio a tanta incerteza e insegurança? Não pretendo aqui, definir uma fórmula, mas repartir alguns princípios que têm me ajudado a viver esse amor:

Conhecer a fonte do amor – nosso amor é aperfeiçoado à medida que crescemos na intimidade com Cristo;

Reconhecer a dependência de Deus – precisamos reconhecer que por nós mesmos somos incapazes de transmitir o amor de Deus, somente pelo amor Dele derramado em nós é que conseguimos manifestá-lo ao mundo;

Ter a consciência de que o amor de Jesus vai além da razão – pois o amor do mundo dá somente aquilo que tem, já o amor de Cristo nos convida a abrir mão do que temos para amar ao próximo.

Ter coragem e confiança para agir – viver esse amor que vai além da razão, muitas vezes exigirá um movimento para além do nosso conforto e segurança, exigirá fé e coragem para ir além do que vemos a nossa frente (Hb 11.6), além das circunstâncias, além de nós mesmos.

Talvez esses dois últimos sejam os mais difíceis, mas sem isso, quem sabe, nunca consigamos experimentar o amor da forma que Jesus nos predestinou a viver, com uma generosidade irracional, por acreditarmos verdadeiramente que melhor é dar do que receber (At 20.35), em tudo o que temos e somos.

É difícil, né? Eu sei, para mim também é, mas fique tranquilo, Ele sabe! E está aí para nos ajudar. Se tivermos o coração disponível, Ele irá nos ensinar e, muito mais do que isso, irá nos capacitar a fazer e experimentar coisas que jamais poderíamos pedir, pensar ou imaginar (Ef 3.20). Não é pela nossa força, “é Deus quem efetua em nós [grifo meu] tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade Dele” Fp 2.13. Ele é o principal interessado em aperfeiçoar em nós essa “fé que atua pelo amor” (Gl 5.6).

Que nesse tempo em que estamos vivendo, possamos enxergar as oportunidades que se abrem para viver o amor de Cristo de forma prática e intencional, em nossa relação pessoal com Deus, com nossa família, nossos amigos, na igreja e fora dela. Nossa missão é alcançar o mundo com o amor de Jesus. Que nossos olhos não se limitem ao que vemos em nós mesmos, ou no que temos, mas que eles estejam focados em Deus que não tem limites para realizar qualquer coisa diante de um coração disponível, dependente e confiante.

Deus tem desafiado a minha família a viver esse amor, Ele tem feito revoluções em nossos corações, transformado valores, redefinido prioridades e mostrado coisas não tão boas que precisam ser ajustadas. Confesso que é desafiador, mas quanto mais temos aberto espaço para o Seu agir, mais queremos que Ele faça. Muitas vezes, quando Deus nos tira da nossa zona de conforto, quando mexe com o nosso orgulho, vaidade, com a sensação de controle sobre nossas vidas, com a nossa autossuficiência, dói, choramos, até ficamos bravos. Porém, quando aquietamos o nosso coração, entendemos que, alinhar nossos sonhos, planos, desejos e necessidades, aos que Deus tem para nós, nos torna mais capazes de viver Jesus e o Seu amor – esse amor que abre mão de si mesmo – de forma generosa. O foco muda, não está mais no que temos, mas em como tudo o que somos e temos pode ser usado para alcançar vidas para Jesus.

Sou tremendamente grato a esse Deus que por sua misericórdia e graça tem nos alcançado com Seu infinito amor, pois só assim, por meio da ação Dele em nossas vidas e não por nossas forças, é que somos capazes de experimentar o privilégio de viver e entregar ao mundo esse “louco amor”, que vai muito além da razão!

Por fim, oro para que Deus encha nossos corações de coragem e confiança, mesmo quando as circunstâncias se mostrarem contrárias e, que apesar delas, vivamos com entusiasmo e profundidade tudo o que Ele tem reservado para nós, na confiança de que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que o amam” (Rm 8.28). Que possamos gozar a vida de forma intensamente generosa, como Cristo, que negou a si mesmo e as suas “regalias” por AMOR a todos nós. Assim, quando as pessoas nos observarem, que possam ver Cristo refletido em nós, que mesmo sem dizermos uma só palavra, possam nos chamar de cristãos.

Em Cristo Jesus, amém!

Música sugerida: Sobre Ele (Amanda Rodrigues)
https://www.youtube.com/watch?v=MAyAI-eDceI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s