12 Tiago | O PODER DA PALAVRA | Raul Villanueva

APLICAÇÕES PRÁTICAS PARA A VIDA – Estudos na Epístola de TIAGO
Semana 02 – Em tempos em que se ouve de tudo,
o povo de Deus escuta e obedece à Palavra.

12) O PODER DA PALAVRA
por Raul Villanueva, em 14 de maio de 2020

O pior de tudo isto é que não sabemos quando vai terminar. É a primeira vez que enfrentamos uma adversidade tão grande e sinto que nenhum dos que estão aqui está preparado para lidar com ela.

No princípio, sentia que avançávamos, mas agora me dei conta que temos uma estranha mescla de ansiedade, frustração, angústia e, sobretudo, uma alta dose de estresse. Tudo está cada vez mais desestabilizado, perdemos o rumo e, ao mesmo tempo, nos perdemos um pouco de nós mesmos. Ninguém tem coragem de falar que está se sentindo assim.

De repente, começo a ouvir gritos. O vento fica cada vez mais forte e me levanto, com dificuldade, para ver o que está acontecendo. Nesse preciso instante, o medo se apoderou de mim. No meio da noite, andando sobre o mar e em direção ao nosso barco, vi um fantasma!

Imediatamente ouvimos uma voz conhecida que nos diz: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo”.

Sabe aquela pessoa prudente, que pensa e medita cada uma de suas palavras e que vai pela vida planejando detalhadamente cada uma de suas ações? Eu não sou essa pessoa!

“Senhor”, falei para Ele, “se és tu, manda-me ir ao Teu encontro por sobre as águas”. E Ele me respondeu: “Venha”.

Todos nós temos lido esta passagem muitas vezes no Evangelho de Mateus, e também temos ouvido muitas mensagens e pregações que usam como base esse texto. Geralmente, toda nossa atenção gira em torno desse extraordinário momento em que Pedro caminha sobre o mar, o instante em que aparta os olhos de Jesus e começa a afundar por reparar no vento; seu pedido desesperado de auxílio e a famosa frase de resgate que nosso Senhor diz, quando estendeu sua mão para segurar-lhe, e que é usada estrategicamente por certos amigos da nossa juventude quando algo que você sabia que não ia dar certo, surpreendentemente acontece: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?”

Mas quero chamar sua atenção especialmente para o início do versículo 29 do capítulo 14 de Mateus, especificamente à palavra que Jesus usa para dar resposta ao pedido que Pedro faz para Ele: “Venha”. Tem um ensino importante encerrado nessa resposta que Ele dá para Pedro: com só uma Palavra, Jesus está nos convidando, pela fé, a fazer coisas impossíveis.

Em um mundo no qual o vento das dúvidas e o mar das incertezas são as capas dos jornais do café da manhã, o excesso de passado produz depressão, o excesso de presente traz estresse e o excesso de futuro gera ansiedade, Jesus está nos chamando a vivermos uma vida centrada na Sua Palavra, para que possamos dar passos práticos de obediência e fé que glorifiquem a Ele.

Francis A. Schaeffer, teólogo cristão evangélico do século passado, dizia que existem três elementos que revelam a glória de Deus no mundo: a verdade, a bondade e a beleza. Em outras palavras, se alguém deseja encontrar os vestígios de Deus no mundo, vai encontrar em tudo o que possa ser identificado como verdadeiro, como bom e como belo. É na Sua Palavra que podemos encontrar a verdade que nos liberta, a bondade que nos constrange e a beleza que nos maravilha.

Anos depois, esse mesmo Pedro, que caminhou com Jesus sobre o mar, escreveria uma das cartas mais francas e nobres do Novo Testamento. Uma carta dirigida a um grupo de cristãos que estava passando por intensas provações e momentos de grandes adversidades, e essas mesmas palavras fazem eco em nossa vida no dia de hoje: “Vocês foram regenerados, não de uma semente perecível, mas imperecível, por meio da palavra de Deus, viva e permanente. Pois toda a humanidade é como a relva, e toda a sua glória, como a flor da relva; a relva murcha e cai a sua flor, mas a palavra do Senhor permanece para sempre. Essa é a palavra que lhes foi anunciada.” 1 Pedro 1:22-25

Com uma palavra, Jesus está te chamando a sair do barco e caminhar sobre o mar das incertezas, desafiando o vento das dúvidas. Com só uma Palavra, Jesus está nos convidando, pela fé, a fazer coisas impossíveis. Há poder na Palavra de Deus.

Música Sugerida: Oceanos (Ana Nóbrega)
https://www.youtube.com/watchv=1XqHlWsMThA&feature=youtu.be

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s