52 Tiago | PIEDADE COM CONTENTAMENTO | Lucas Bair

APLICAÇÕES PRÁTICAS PARA A VIDA – Estudos na Epístola de TIAGO
Semana 08 – Enquanto a confiança em riquezas nos apodrece,
a paciência no Senhor nos fortalece.

52) PIEDADE COM CONTENTAMENTO
por LUCAS BAIR em 23 de junho de 2020

“De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro.”
(1 Timóteo 6:6)

“Aquele que diz: “Eu o conheço”, mas não obedece aos Seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele.” (1 João 2:4) Que forte! Conhecer Jesus é obedecer os mandamentos dEle, entretanto é fácil acreditar nEle, frequentar uma igreja e não conhecer os ensinamentos de Jesus. No seu ministério terreno, Ele passou o tempo ensinando tanto os discípulos quanto as multidões. O Novo Testamento é baseado nos Seus ensinos. Para segui-Lo, precisamos conhece-los e obedecê-los.

Sabe qual assunto Jesus dedicou mais tempo para ensinar? Pode pensar em amor, céu, salvação ou julgamento, mas o assunto mais ensinado por Jesus foi dinheiro. Interessante, não é? Dinheiro é fundamental para nossa existência e a mordomia dele revela as profundas partes de nossos corações. Jesus disse: “Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.” (Mateus 6:19-21)

A última frase é significante. Nosso dinheiro, tesouro, atrai nosso coração, atrai nossa adoração. Se eu investir meu dinheiro nas coisas de Deus, vou adorar a Deus, mas se eu investir nas coisas do mundo, vou adorar o mundo. A adoração do mundo, ou seja, de qualquer coisa fora de Deus, é idolatria e o caminho da destruição. Faz sentido que Jesus tenha passado tanto tempo ensinando sobre dinheiro.

O apóstolo Paulo pegou esse ensino e amplificou em 1 Timóteo 6: 9-10: “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos.”

Que palavras fortes que precisamos levar para o coração. Como lidar com dinheiro? Como o dinheiro pode nos servir em vez de nos escravizar? Nessa mesma passagem – em 1 Timóteo 6 -, Paulo nos dá uma resposta. O versículo 6 diz: “De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro.”

Piedade com contentamento é o segredo. É uma frase muito profunda. Piedade com contentamento tem algo a ver com satisfação, ou seja, o entendimento de onde ela vem. A busca por satisfação geralmente fica no centro dos motivos de tudo que fazemos. Nós sempre estamos buscando-a. Geralmente corremos atrás de dinheiro porque queremos satisfação. E quando não achamos satisfação, corremos atrás da próxima. É uma busca que não tem fim.

Eu lembro a primeira vez que experimentei essa “satisfação” do mundo que só traz decepção. Quando era adolescente, joguei um esporte chamado paintball. É um esporte que tem armas que atiram bolinhas de tinta e simula uma guerra. Naquela época, eu queria comprar minha própria arma de paintball; porém não seria uma arma normal, seria a melhor que existia no momento. Todo dia eu sonhava com ela. O problema é que era muito cara, então comecei a guardar dinheiro. Trabalhei e também fiz coisas menos honestas para ganhar mais recursos. A arma, a busca por ela, virou meu deus, pois adorei essa arma e foquei tudo para comprá-la. A busca por dinheiro tornou-se minha prioridade.

Finalmente chegou o dia de comprar a arma. O meu sonho estava se realizando. Dei para o vendedor o dinheiro e abri a caixa da minha arma nova. Sabe o que aconteceu? Nada. Tudo que eu queria estava nas minhas mãos, mas eu não senti a profunda satisfação que eu estava procurando. Eu pensei: “É só isso? Eu dediquei minha vida para comprar essa arma e imaginei que me sentiria diferente, melhor com ela nas minhas mãos.” Foi a primeira vez que senti a decepção da satisfação falsa do mundo.

Mas o ciclo continuou. Comecei a buscar a próxima coisa que prometeu me satisfazer, mas o mundo mente para nós. O mundo não tem capacidade de satisfazer a sede dos nossos corações. Existe somente uma fonte de satisfação verdadeira. Como Jesus disse para a mulher no poço, em João 4:13-14: “Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.”

Há uma fonte que pode satisfazer nossos corações: é Jesus. Enquanto não entendermos e experimentarmos essa verdade, sempre correremos atrás do dinheiro e dos prazeres que ele pode comprar. Como quebrar essa busca em vão? Piedade com contentamento. Beba da fonte, que é Jesus. Busque a Ele. Desenvolva seu relacionamento com Ele. Ore. Adore. Invista nas coisas de Jesus. Simplifique a sua vida e venha para a fonte da água viva.

Música sugerida: Atos 2 (Gabriela Rocha)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s