55 Tiago | BONS OLHOS | Gabriel Chaw

APLICAÇÕES PRÁTICAS PARA A VIDA – Estudos na Epístola de TIAGO
Semana 08 – Enquanto a confiança em riquezas nos apodrece,
a paciência no Senhor nos fortalece.

55) BONS OLHOS
por Gabriel Chaw, em 26 de junho de 2020

Tiago 5:1-6 fala de pessoas tolas, que dedicaram sua vida a acumular riquezas aqui na terra. A descrição do que aconteceu com essas riquezas é muito parecida com uma parte dos ensinos de Jesus no sermão do monte. Em Mateus 6:19, Ele afirmou: “Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam.”

Logo em seguida, Jesus nos presenteou com um texto bastante poético. Os versos 22 e 23 dizem assim: “Os olhos são como uma luz para o corpo: quando os olhos de vocês são bons, todo o seu corpo fica cheio de luz. Porém, se os seus olhos forem maus, o seu corpo ficará cheio de escuridão. Assim, se a luz que está em você virar escuridão, como será terrível essa escuridão! Esses versículos, a princípio, podem parecer um pouco estranhos, mas, na cultura judaica, um bom olho significava uma atitude generosa; um olho mau indicava uma atitude egoísta. Dessa forma, o ensino de Jesus foi altamente significativo no contexto em que foi apresentado.

Não há mal algum na riqueza, mas, sim, na forma como lidamos com ela. A atitude egoísta é que escurece a alma! A riqueza que recebemos não deve ser acumulada, mas deve ser usada em atitudes generosas. Como é bom quando podemos abençoar uma pessoa! Afinal, como Jesus mesmo disse, é melhor dar do que receber (Atos 20:35).

A Bíblia, em inúmeros versos, fala sobre dinheiro. O texto de Mateus 6:22-23 também trata, de certa forma, desse tema. Uma atitude egoísta trará escuridão para o corpo; mais ainda, tornará sua luz em escuridão, uma terrível escuridão! O que corrompe o nosso corpo não é o tesouro em si, mas, sim, o ato de ajuntar o tesouro. Lembre-se de 1 Timóteo 6:10: “…pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos.”

Temos tentado ensinar esses princípios aos nossos filhos. Compartilhar um brinquedo novo ou um doce não parece ser natural para eles. Os dois, inclusive, dividiram a escrivaninha e um não pode colocar seus brinquedos no lado do outro. Podemos tentar justificar essas atitudes falando que isso é coisa de criança e que, quando crescerem, isso vai mudar. Mas decidimos ser pró-ativos e intencionalmente temos chamado-os para presenciarem atos de generosidade. Temos ensinado-os a compartilharem e dividirem as coisas, a terem pequenos atos de altruísmo um com o outro.

O natural do homem caído é sempre pensar em si primeiro. Em minha vida, passei por um grande período de aprendizado. Durante esse tempo, fui realmente muito abençoado e agraciado por Deus, pois, pelo exemplo de pessoas ao meu redor e do próprio Cristo, que fez o ato mais altruísta possível, fui aprendendo a agir com generosidade. Com muita humildade, posso dizer que, aqui em casa, somos hoje uma família que compartilha de forma generosa. Mas, para chegarmos a esse ponto, Deus precisou trabalhar profundamente o meu orgulho e os meus desejos. Ele trabalhou a nossa fé de forma tão forte, que aprendemos a confiar nEle acima de qualquer coisa.

Não canso de ler Mateus 6 e de meditar em seus versículos. É incrível lembrar que nosso Pai Celestial nos ama profundamente, nos vestirá melhor que os lírios do campo e nos alimentará como faz com as aves. Que você possa parar de acumular hoje mesmo e, com generosidade, possa libertar-se das coisas terrenas que o prendem, desfrutando assim da verdadeira riqueza, que está em depender humildemente de Jesus. Isso não é um ato irresponsável de jogar tudo pelos ares, mas, sim, um ato de dependência de Deus, que permitirá que você seja luz onde quer que esteja. Cultive o “olho bom”, que é a generosidade segundo o coração de Deus!

Musica Sugerida: Você Pode Ter (João Alexandre)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s