Móbile #15 | Roberto e Alessandra | 24.09.20

Lutando Contra o Pecado em Nossas Famílias

“Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados!”  (Salmo 32:1 NVI)

      A família foi criada por Deus. Sendo assim, o próprio Senhor é o maior interessado na pureza de Sua criação. Ele quer ver as nossas famílias totalmente livres de envolvimento com o pecado. Entretanto a Bíblia relata, no livro de Gênesis, que a primeira família não seguiu as orientações de Deus e permitiu a entrada do pecado no mundo. Esse fato distorceu tudo o que Deus havia dito ao primeiro casal, à primeira família. A mulher deu ouvidos à serpente e comeu do fruto que não deveria comer. O homem não exerceu seu papel de líder e protetor. Como resultado, a comunhão entre Deus e a humanidade foi prejudicada e afetada para sempre.

      O homem, então, descobriu que estava nu e teve vergonha, mas não saiu despido do jardim. Deus, em Sua infinita misericórdia, vestiu o homem e a mulher, vestiu a família. No dia em que o Senhor os vestiu, estava apontando para Jesus, para o Cordeiro que vestiria todas as famílias da Terra.

      A entrada do pecado no mundo fez com que os relacionamentos ficassem adoecidos. A comunhão e o relacionamento com Deus ficaram prejudicados. O pecado afetou também a maneira como o homem se relaciona consigo mesmo. Adão e Eva foram colocados no jardim para governar e dominar. Como isso foi interrompido, tiveram que assumir as consequências que nos perseguem até hoje. O pecado também atingiu o relacionamento da família com Deus. A primeira família era a referência e, por meio dela, todas as famílias da Terra seriam abençoadas. Mas, porque pecaram, houve quebra de relacionamento com Deus, fazendo com que famílias se voltassem umas contra as outras e contra si mesmas. Por consequência, é comum encontrarmos relacionamentos quebrados em nossas famílias, resultado do pecado que ainda nos atormenta.   

      Precisamos entender qual é a parte que nos cabe e fazer o pecado perder cada vez mais território em nossas famílias. O pecado é nosso inimigo e devemos desmascará-lo, abandoná-lo e expulsá-lo de nossas casas. E somente conseguiremos isso quando Jesus for o centro da família. Precisamos estar atentos para renúncias que devemos fazer em prol de nossa família, caso ainda existam decisões que não fizemos e que estejam atrapalhando nossa comunhão com Deus e uns com os outros. Precisamos também selecionar aquilo que permitimos entrar em nossas casas, pois há muito conteúdo prejudicial à nossa volta que pode estimular nossa carne e levar ao pecado. Para isso, é importante mantermos um diálogo aberto em relação às lutas enfrentadas em nosso ambiente familiar. Devemos buscar conselho do Espírito Santo e de pessoas, quando estivermos passando por momentos de dificuldade e fraqueza.

      Deus nos deu duas armas nessa luta contra o pecado: a oração e a Sua palavra. Quando nos colocamos de joelhos em oração, estamos nos colocando na dependência de Deus. E a Escritura é nosso manual para vivermos aqui nesse mundo. Usando essas duas armas, temos certeza de que será cumprida a profecia de Malaquias 4:6, onde Deus promete que converterá os corações dos pais aos filhos e dos filhos aos pais. Precisamos deixar Deus fazer essa obra, primeiramente em nosso coração, para que a cura brote em nosso lar. Nossas famílias estão em guerra contra o pecado, mas com a certeza de que no final seremos vitoriosos. Tiago 4:7 nos diz para resistirmos ao Diabo, e ele fugirá de nós.

      Que nossas famílias possam viver esse conselho, um dia de cada vez, para a glória de Deus.

Roberto e Alessandra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s